"O estilo nem por sombra corresponde a um simples culto da forma, mas, muito longe disso, a uma particular concepção da arte e, mais em geral, a uma particular concepção da vida." (Leon Tolstoi)

5 de mai de 2010

Pin-Up - O que Significa!

 Vamos entender?
Uma pin-up é uma modelo cujas imagens sensuais produzidas em grande escala exercem um forte atrativo na cultura pop.. Destinadas à exibição informal, as pin-ups constituem-se num tipo leve de erotismo.. As mulheres consideradas pin-ups são geralmente modelos e atrizes.
Pin-up também pode se referir a desenhos, pinturas e outras ilustrações feitas por imitação a estas fotos. O termo foi documentado pela primeira vez em inglês em 1941, contudo, seu uso pode ser rastreado pelo menos até a década de 1890. As imagens “pin up” podiam ser recortadas de revistas, jornais, cartões postais,  e assim por diante. Tais fotos apareciam freqüentemente em calendários, os quais eram produzidos para serem pendurados (em inglês, pin up) de alguma forma. Posteriormente, postersde “pin-up girls” começaram a ser produzidos em massa.
Muitas “pin ups” eram fotografias de celebridades consideradas sex simbols.
Hoje em dia, homens também podem ser considerados “pin ups” e existem equivalentes masculinos de modelos e atores atraentes.O termo equivalente, nesta acepção, é “beefcake (algo como bofe, , em gíria brasileira.)

Beyonce - Why Don't You Love Me ( Official Video ) Completo

Novo vídeo de Beyoncé e algumas tendências

Para os fãs de música pop e, principalmente, da diva da vez Beyoncé, a novidade promete atualizar os seus vídeos preferidos! Isso porque, depois do lançamento da tão esperada parceria entre Honey B. e Lady Gaga no clipe Videophone, a morena deixou suas dançarinas que marcaram - ao seu lado - o sucesso coreográfico de “Single Ladies”, e investiu em uma proposta mais elaborada para o seu novo videoclipe da música “Why don`t you love me” – faixa bônus inclusa na edição luxo do disco “I Am...Sasha Fierce”.
Para dar vida à proposta abordada na canção escrita por Beyoncé e sua irmã Solange, no cenário prevalece um clima retrô reforçado logo na primeira cena, quando após o anúncio onde se ouve um narrador retratar com perfeição a voz característica dos apresentadores de rádio e TV dos anos 50 e 60 vemos a cantora ganhar as telas no melhor estilo pin-up – modelos sensuais em voga na cultura pop dessas décadas.
Vestindo microshorts jeans, camisa xadrez amarrada, meia, salto e bandana; a primeira interpretação da pop star que, neste trabalho, recebe o nome de “B. B. Homemaker”, é no posto de mecânica; trocando pneu e consertando um carro quebrado. No entanto, essa é apenas uma das muitas tarefas que a dona de casa “faz tudo” realiza esbanjando graça com seu visual sexy.
Seguindo a estética vintage tanto para a decoração quanto para a idealização do papel feminino enquanto esposa, o clipe explora com uma dose de humor, o dia-a-dia sempre elegante das “american housewives” – donas de casa americanas -, as quais nessa época tinham a obrigação não só de cuidar propriamente dos lares e de seus maridos, mas principalmente de esperá-los em casa sempre perfeitamente arrumadas e elegantes.
Lavando louça, salvando a comida queimada no fogão, fazendo a manutenção de roupas, molhando as plantas ou mesmo suja de graxa, “B.B Homemaker” se mantém impecável com um visual que, mais precisamente, remete à personagem da atriz Catherine Bach na série de 1979 “Os Gatões”: Daisy Duke.
As referências aos anos 50 chegam: nas cores características do período, com direito a muito vermelho, verde água, amarelo, azul, branco e preto as quais em contraste criam um impacto ainda maior aos olhos dos expectadores; no make exagerado que destaca os olhos, mas também evidencia a boca com batons em tons intensos; nos penteados; objetos do interior doméstico – principalmente no telefone, toalha de mesa, sofá e o rádio que completa a decoração montada para a cena da banheira -; e, é claro, nas roupas.
Com tal inspiração, o figurino de Beyoncé não só segue, como também promete enfatizar algumas tendências que aos poucos vêm conquistando espaço em semanas de moda, desfiles e editoriais. Os bodies que valorizam e são valorizados pelas curvas marcantes da silhueta da cantora reforçam a estética boudoir, onde as formas de corset prometem chegar em blusas, tops e vestidos das próximas temporadas.
Hot pants, apostas em alta já na apresentação dos primeiros pré-lançamentos para a Primavera Verão 2010 2011, também têm vez entre os macacões justinhos e vestidos com estampas em poás usados pela diva nesse novo vídeo. Em boa parte de seus looks, o que nos chama a atenção, são os acessórios em tamanhos máxi que complementam as produções, sobretudo os colares. Óculos gatinha e a moda de usar muitos anéis ao mesmo tempo.
Para completar, outros detalhes que atraem nossos olhares são tanto os sapatos de plataforma coloridas, quanto as unhas verdes da estrela, que trazem um esmalte de tom bastante parecido com a cor “Sereia” da Impala já querida pelas fashionistas brasileiras de plantão, e indicada para quem quer seguir pelo menos uma das muitas tendências que compõem o bem produzido clipe “Why Don`t you love me” Beyoncé, o qual enfatiza não só o talento musical e dançarino da cantora, como também assume o posto 
de referência fashion para as adeptas de um estilo mais “cinquentinha”!




Bruna Caram - Caminho Pro Interior no Canja IG

Vida Minha

Quando tudo parece programado para dar errado, chega a roda viva. Quando o amor é desencontro e o futuro desencanto, eis que chega a roda vida! Quando sobra tempo e falta sabedoria, chega a roda viva. Quando o agora perde o brilho e a sépia de antes não passa de desbotado, chega a roda viva. Quando existir dá saudade e o medo de ser parece maior, também chega a roda viva.
E ela chega também na dúvida, na certeza, no problema e na beleza. E como quer continuar, a roda viva chega no intervalo, chega na constância e até na nobreza! A audácia é tanta que ela chega até na pureza.
Dúvida já não é incerteza, medo já não é falta de beleza. Coragem já não é matar um leão por dia: é deixá-lo solto, pra rugir alto e forte.
Renovadas as esperanças, no outono de sépia desse portinho que me deixou  um ser tão alegre, tão corajosa, tão desejosa de ventos, sóis e surpresas.
Eis que chega a roda viva!! 

(...) Atirei-me, pois, metaforicamente, pela janela do tricentésimo-sexagésimo-quinto andar do ano passado.
Morri? Não. Ressuscitei. Que isto da passagem de um ano para outro é um corriqueiro fenômeno de morte e ressurreição - morte do ano velho e sua ressurreição como ano novo, morte da nossa vida velha para uma vida nova.
Mario Quintana


Bjosss ..Luluss!!

Último Dia da Promoção " BIG UNIVERSO" cruzem os dedos ..

Lulus de plantão, quem ainda não postou o seu comentário no post da promoção não perca tempo, o sorteio será amanhã pela manhã, respondam a pergunta " O que significa moda pra você" e já estarão concorrendo. Depois é só torcer!Boa Sorte á todas!!