"O estilo nem por sombra corresponde a um simples culto da forma, mas, muito longe disso, a uma particular concepção da arte e, mais em geral, a uma particular concepção da vida." (Leon Tolstoi)

31 de ago de 2010

Tá na moda fazer arte!

 Lulus de plantão...olhem as cores a modelagem e a inspiração,(Claude Monet) para esses vestidos, (verdadeiras obras de arte), da coleção criada por Albert Kriemler para a grife Akris, no ano de 2009.  Prazer, encantada!


"Se puderes olhar, vê. Se podes ver, repara."

Onde o Ying é ação !! Gostei disto - Simonetta


 
Todas as coisas são diferentes manifestações da unidade infinita
Nada é estático: tudo se transforma.

E eu não sou mais a mesma de cinco minutos atrás. 
Continuamente me estranho.

30 de ago de 2010

Looks : Total Black

 

Inspirem-se!!!! Beijoss!!

Clássicos da Moda- Pretinho Básico

“ O preto é o início de tudo, o ponto de partida, a silhueta, o recipiente – e depois o conteúdo. Sem as suas sombras o seu relevo e a sua proteção, parecer-me-ia que as outras cores não existem. O preto é ao mesmo tempo a soma de todas as cores. É volúvel, cambiante, nunca é o mesmo. Existe um número infinito de tons de preto: o preto suave das roupas transparentes, o preto apagado e triste do crepe de luto, o preto nobre e profundo do veludo, o preto profuso do tafetá ou o preto forte da seda (faille), o preto esvoaçante do cetim, o preto oficial e alegre do verniz. O preto faz que a lã pareça carvão, dá ao algodão um ar rústico e confere aos tecidos novos um toque insinuante.
Não tenho relação com a neve, não gosto de leite, as noivas do meu desfile são coloridas. Só a caiadura deslumbrante das casas típicas do Mediterrâneo me abre o apetite pelo branco. Dou voltas, hipnotizo com os tons dourados e vermelhos. Dizem que essas cores juntamente com o preto são as cores da loucura (por isso, o realizador Ingmar Bergman pretendia uma casa vermelha em Lágrimas e Suspiros).
Deve acrescentar-se que o preto é um pilar do Sul, uma presença calmante, algo evidente: já falei com frequência sobre os matizes subtis do preto (como nos quadros de Frans Hals ou Velázquez), dos hábitos das freiras arlesianas da minha infância, aos quais o sol arranca reflexos diversos – afirmaria até que o preto tem um aroma que se liberta dos tecidos quando expostos ao sol. Podia dizer-se o mesmo do preto do touro, para cuja pele os aficionados entusiastas têm adjetivos poéticos.
Ao contrário do branco, o preto é “penetrável”. Numa pequena mancha preta, há densidade, prazer, um mundo inteiro. E custa resistir ao preto de qualquer outra parte. Tem-se vontade de lhe tocar, de o espalhar com pincéis ou até mesmo com as mãos. O preto é tanto matéria como cor, é tanto luz como sombra (cujo hino supremo Barthes cantou). Não é triste, nem alegre, mas sim allure e elegância, perfeito e indispensável. Tal como a noite, é irresistível. As crianças não deviam temer o preto, porque se o seu mistério as assusta, é porque nele podem obter a resposta aos seus próprios segredos.” ( Christian Lacroix)

Lulus de Plantão um vestido, ( ou um Look Total Black), é simples o suficiente para aparecer sem esforço, mas elegante o bastante para que a mulher que o usa fique marcada como uma pessoa de bom gosto.
Ora sedutor ou sóbrio, ora ousado ou modesto, chique ou jovial, é uma das grandes armas em qualquer guarda-roupa.Capriche nos acessórios, e, não mais na dúvida e sim na certeza, opte  pelo pretinho básico.
Beijos!

VI Colóquio de Moda - em São Paulo

 

 


Você já se inscreveu como ouvinte?


é só entrar no site: http://www.coloquiodemoda.com.br/  e seguir as instruções


Esse ano será sediado em São Paulo na Universidade Anhembi Morumbi.
Nos dias : 12,13,14 e 15 de Setembro e no dia 16 V Fórum das Escolas de Moda.

26 de ago de 2010

Estilista Kenzo torna-se o representante da moda brasileira

Na manhã desta terça-feira, 24/08/2010, o estilista japonês Kenzo Takada recebeu empresários e jornalistas na sede da ABIT (Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção) em São Paulo, para abordar questões referentes ao mundo da moda.

Entre os projetos em pauta (não confirmados, nem em negociação concreta) estão uma consultoria para viabilizar o intercâmbio entre jovens estilistas do Brasil e do Japão (na segunda-feira, 23.08, ele se reuniu com André Hidalgo, diretor da Casa de Criadores), uma exposição de pinturas (ele pinta nas horas vagas e comanda uma oficina que realiza tintura artesanal em lenços e echarpes) e a possibilidade de comercializar sua marca de decoração Gokan Kobo ou a linha de jeanswear no país. “O jeans está presente em tudo quanto é lugar. Tem uma participação enorme, firme. Isso é moda contemporânea. Temos bons jeans no Japão e gostaria de participar desse mercado no Brasil”, falou. A saber: o denim japonês é, atualmente, considerado um dos melhores na confecção.
"É uma honra poder estar no Brasil. Este é um país cheio de energia e que acredito que vai liderar o mundo da moda no século 21", disse Kenzo que chamou a moda brasileira de "casual com um algo a mais", além de citar Alexandre Herchcovitch e Gloria Coelho como dois de seus estilistas locais preferidos.
Nomeado como o representante da moda brasileira no Japão, Kenzo pretende participar do mercado de jeans nacional.
Na segunda, 23, o japonês se reuniu com André Hidalgo, idealizador do evento para novos estilistas "Casa de Criadores", e ainda hoje iria ao encontro com empresários de Santa Catarina para em seguida decolar para Brasília.



25 de ago de 2010

Você Sabia?!

Cientistas americanos dizem ter desenvolvido uma vacina que impediu o desenvolvimento do câncer da mama em ratos.
Os pesquisadores planejam agora fazer testes da droga em humanos.
Eles avisam, no entanto, que pode levar alguns anos até que uma vacina esteja disponível para o público.
O imunologista que chefiou a pesquisa, Vincent Tuohy, do Cleveland Clinic Learner Research Institute, disse que a vacina age em uma proteína encontrada na maioria dos tumores da mama.
"Acreditamos que esta vacina será usada um dia para prevenir o câncer da mama em mulheres adultas da mesma forma como vacinas vêm impedindo muitas doenças da infância", disse Tuohy.
"Se (a vacina) funcionar em humanos da mesma forma como em ratos, vai ser monumental. Poderíamos eliminar o câncer da mama".
Os resultados do estudo foram publicados na revista científica Nature Medicine.

Desafio
No estudo, ratos com grande probabilidade genética de desenvolver câncer da mama foram vacinados.
A metade recebeu vacinas contendo a droga a-lactalbumina, a outra metade foi vacinada com uma droga que não continha a substância.
Nenhum dos animais vacinados com a-lactalbumina desenvolveu o câncer da mama. Todos os outros ratos apresentaram a doença.
Os Estados Unidos aprovaram duas vacinas para a prevenção do câncer, uma contra o câncer do colo do útero e outra contra o câncer do fígado.
Entretanto, essas vacinas atuam em vírus - o vírus do papiloma humano (HPV, na sigla em inglês) e o vírus da hepatite B (HBV) - e não na formação do câncer.
Câncer é um crescimento desordenado de células do corpo. Por isso, ao contrário de um vírus, não é reconhecido pelo organismo como um invasor ou um corpo estranho.
Isso dificulta a criação de uma vacina preventiva. Vacinar o corpo contra o crescimento excessivo de células significa vacinar o paciente contra seu próprio organismo, provocando a destruição de tecidos saudáveis.

Futuro
Caitlin Palframan, representante da entidade beneficente Breakthrough Breast Cancer, disse que o estudo pode ter implicações importantes na prevenção contra o câncer da mama no futuro.
"Entretanto, o estudo está em fase inicial e nós aguardamos com interesse os resultados de experimentos em grande escala para verificar se essa vacina seria segura e efetiva em humanos", acrescentou.
Ela disse que há medidas que mulheres podem adotar para reduzir os riscos do câncer da mama, entre elas, diminuir o consumo do álcool, manter um peso saudável e fazer exercícios regulares.

Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2010/05/vacina-para-cancer-da-mama-e-testada-com-sucesso-em-ratos.html

Câncer de Mama -




Lulus de Plantão,  inaugurando a sessão "Saúde da Mulher", informações precisas do que venha a ser, como ocorre, sintomas , diagnóstico e tratamentos. Um dos principais objetivo do Lulus da Moda é conscientizar. Portanto atentas as dicas e vamos nos cuidar. ok?

Câncer de mama é o desenvolvimento anormal das células do seio. Estas células crescem e substituem o tecido saudável.

Câncer de mama é uma doença tratável. A descoberta precoce é a chave para sobreviver ao câncer de mama. O câncer normalmente começa com um pequeno nódulo que, com o tempo pode crescer e se espalhar para áreas próximas, como os músculos e pele, assim como nódulo de pus sob o braço. Principalmente o tumor pode se espalhar para órgãos vitais como fígado,cérebro, pulmão e espinha.

Mais ou menos uma entre oito mulheres desenvolvem câncer de mama. Mesmo com o recente progresso de descoberta precoce e tratamentos aperfeiçoados, o câncer de mama é terceira maior causa de morte para mulheres nos E.U.A

Como ocorre?

A causa do câncer de mama não é conhecida. Qualquer mulher pode desenvolver câncer de mama e apesar de muito menos comum, homens também podem. Algumas mulheres são mais propícias a desenvolver câncer do que outras se apresentarem os seguintes fatores :

- Ter mãe ou irmã com câncer de mama
- Nunca ter tido filhos
- Ter tido o primeiro filho após os 30 anos
- Histórico de exposição a radiação
- Fumar
- Terapia hormonal (estrogênio)
- Uso excessivo de álcool
- Ferimento no seio
- Obesidade


Não há evidências definidas ainda que o uso de pílulas por um longo período de tempo pode causar câncer de mama, mas esta possibilidade continua a ser estudada. Também parece que tomar estrogênio depois da menopausa causa um pequeno aumento de risco de câncer de mama.

Pesquisadores também estão estudando alguns vírus como possíveis causas.

Quais são os sintomas?

Na maior parte das vezes o primeiro sinal do câncer de mama é um pequeno nódulo no seio. O nódulo é geralmente indolor que pode crescer lenta ou rapidamente.

Outros sintomas do câncer de mama incluem:

- Mudança de cor, reentrâncias, enrugamentos, ou elevação da pele em uma área do seio
- Uma mudança do tamanho ou formato do seio
- Secreção no bico do seio
- Um ou mais nódulos nas axilas


Como é diagnosticado?

Para descobrir o câncer de mama o mais rápido possível, você deverá, a partir do momento que tiver idade suficiente para ter exames ginecológicos anuais:

- Fazer um auto exame mensal
- Fazer exame médico pelo menos uma vez ao ano
- Fazer uma mamografia entre 35 a 39 anos de idade. A partir daí, após os 40 a cada 1 ou 2 anos, de acordo com o programa recomendado pelo seu médico. A partir dos 50 anos, você deve fazer uma mamografia a cada ano. Se você apresentar características de alto risco de câncer de mama, você deve começar a fazer mamografias regulares aos 35 anos ou menos.


A maior parte dos nódulos não são câncer. Na maioria das vezes eles são cistos com fluidos no tecido do seio que aumentam e diminuem com o ciclo menstrual. Mas todo nódulo deve ser avaliado.A avaliação normalmente envolve:

- um exame médico
- uma mamografia
- uma biópsia de agulha ou cirúrgica (estes testes devem ser feitos mesmo que o nódulo não seja visto na mamografia)

Se fizer biópsia de agulha (também chamada de aspiração de agulha), primeiramente será aplicada uma anestesia local para adormecer a área do seio que será analisada. Então o médico insere uma agulha dentro do nódulo e retira o fluido ou tecido dele. Se o fluido completar a agulha, o nódulo é um cisto de fluido e não câncer. Remover o fluido também faz o nódulo desaparecer. O tecido retirado pela agulha será examinado no laboratório.

Se fizer biópsia cirúrgica, será aplicada uma anestesia local por seu médico que fará um corte no seio e removerá o nódulo. Este tecido será examinado através de um microscópio. Um teste receptor de estrogênio (ER) poderá ser feito com a amostra da biópsia para ver se os hormônios promoveram o crescimento do tecido cancerígeno. Um nódulo linfático também pode ser removido das axilas para que se verifique se o câncer estendeu-se além do seio.

Como é tratado?

Se um nódulo do seio é cancerígeno, a decisão para tratamento será feito por você, seu cirurgião, e seu oncologista (especialista de câncer).Estas decisões serão baseadas no tipo e no tamanho do câncer e se ele estendeu-se para o nódulo ou para outras partes do corpo.

Os possíveis tratamentos cirúrgicos são lobectomia (remoção somente do tecido cancerígeno) ou mastectomia (remoção completa do seio). Outros tratamentos possíveis são a radiação e a quimioterapia, estes tratamentos podem ser usados isolados ou em combinação.

Se você estiver considerando a mastectomia, você deve discutir com seu cirurgião as opções e datas para a reconstrução cirúrgica.

Como posso me cuidar?

Se foi diagnosticado câncer de mama:

- discuta com seu médico a respeito do câncer e opções de tratamento. Não hesite em ter uma segunda opinião.
- Pergunte para seu médico o que deve ser feito caso o tratamento cause desconforto.
- Faça exames regulares após o tratamento terminar.
- Continue com auto-exame mensal, mesmo que ambos os seios tenham sido removidos cirurgicamente, para que se possa perceber cedo a reincidência do câncer, caso haja.

Muitos serviços de suporte estão disponíveis para as mulheres com câncer de mama. A sobrevivência ao câncer de mama continua sendo aperfeiçoado. A maior parte dos tumores são encontrados pelas próprias mulheres. Quanto mais as mulheres fizerem o auto-exame regular, mais o câncer será constatado prematuramente. Como a mamografia e outras tecnologias aperfeiçoam-se, o câncer tem sido detectado antes mesmo de sua existência ser sentida ou suspeita. Detecção prematura aumentam grandemente as chances de sobrevivência e facilitam o êxito do tratamento. Para detectar o câncer prematuramente:

Faça um auto-exame mensalmente.

- Faça mamografias anuais a partir dos 50 anos

 
- Não ignore um nódulo ou mudança na aparência ou sensação do seio. Lembre-se que o tumor cancerígeno é normalmente indolor.


- Tocando as mamas, é possível identificar caroços, o que pode significar a presença do câncer. Mesmo fazendo o exame de toque mensalmente, a avaliação do médico é fundamental e deve ser feita pelo menos uma vez por ano. Só um profissional tem condições de diagnosticar o tumor. Os cuidados também devem ser estendidos para a alimentação, que deve ser rica em frutas e verduras, evitando a ingestão de álcool, o uso do cigarro e o ganho de peso. 


Há flores em tudo o que eu vejo!!

Lulus de plantão, ares campestres tomam conta da moda nessa primavera - verão. E é de lá, do campo, que vem as flores. Delicadas e miúdas ou grandes e suaves, elas aparecem em quase todas as peças do guarda-roupa, inclusive nos acessórios. Como na natureza, os tamanhos variam, mas as flores miúdas das estampas Liberty são as donas da temporada. Essas estampas tem história.
A estampa Liberty ganhou esse nome em referência direta ao seu criador, o inglês Arthur Lasenby Liberty. Ele fundou uma loja em 1875,que fez muito sucesso por vender tecidos com inspiração campestre, as estampas de flores miúdas. Inicialmente ganhou o nome de Liberty Art Fabrics, depois mudou para Liberty of London, existe até hoje e é localizada em Londres.
A idéia vem impregnada de jovialidade e romance. Os tecidos são vaporosos, quase como camisolas angelicais. Chiffons, georgetes e algodões finíssimos são misturados com rendas, laises, fitas e macramés, valorizando também o artesanal.
Quando as flores aumentam no tamanho, são aguadas ou estilizadas, como nas estampas de sofás e cortinas da era vitoriana. Esqueça os girassóis. São fortes e grandes demais para entrar nessa temporada floral. Para aderir ao estilo, vale misturar estampas diferentes em patchworks delicados e até mesclar flores com listas e pois. Bordados em alto relevo, flores vazadas nos tecidos e aplicações de flores feitas com fitas são recursos originais que trazem um novo frescor à estação.

Dicas de como usá-las:
- As miúdas como as das estampas Liberty, favorecem todos os tipos físicos. A grande vantagem é que elas funcionam muito bem quando misturadas com outras estampas.

- Estampas florais normalmente chamam mais a atenção. Evite que elas tenham um destaque maior do que o desejado.

- Flores em tons fortes (do vermelho ao amarelo), dão a impressão de aumentar a silhueta. Tons escuros ou frios, (do azul ao verde) são mais neutros.

- Na hora de apostar na estampa floral, prefira tecidos leves e fluídos, como chiffons, georgetes e algodões.

- Mulheres magras podem abusar de vestidos e túnicas em estampas florais de todos os tamanhos. Cintos largos na cintura podem ser usados à vontade.

- Quem está fora de peso, deve aproveitar para usar as flores em acessórios como cintos, bolsas, lenços e sandálias.

- Uma maneira mais atual de usar peças com a estampa é misturando com acessórios mais pesados, numa onda rocker. Ankle boots, tachas, cintos e couro ajudam a quebrar o look de boa moça, deixando você mais atual sem perder a feminilidade.

Para um look Militar, invista em uma jaqueta em tom verde militar.

Para um look Rocker (mais pesado), use uma jaqueta Perfecto e acessórios pretos, como, sapato, cinto e bolsa.

Para um ar Hippie Chic, abuse de acessórios tons de marrom, chapéus e tranças arrematam a produção.

Enfim.. se for o seu estilo use e abuse..Beijos


                                            Loja Liberty of London na Regent Street
Inspirem-se!

23 de ago de 2010

Filme Coco& Igor Stravinsky

Queridos estudantes e amantes de moda, mas um filme imperdível, estreiou nos melhores cinemas a "intensa história" de Coco Chanel e Igor Stravinsky, dirigido por Jan Kounen e com co-produção de Karl Lagerfeld. Só de ter Chanel no título, Karl nos créditos e pipoca no menu, pagamos inteira com prazer..rs

Coco Chanel e Igor Stravinsky são dois titãs do século 20. Ela por sua democratização da moda feminina e ele por modenizar a música de sua época. Coco & Igor conta a relação tempestuosa entre a estilista e o compositor explorando o período entre a primeira performance de A Sagração da Primavera até o lançamento mundial do famoso  perfume Chanel No. 5.
Paris, 1913. Coco Chanel apaixona-se pelo bem-sucedido Boy Capel, mas está completamente absorvida pelo trabalho. A Sagração da Primavera, do compositor Igor Stravinsky, está prestes a ser executada. As dissonâncias revolucionárias do trabalho de Stravinsky são familiares às idéias radicais da estilista. Ela quer democratizar a moda, ele quer redefinir “gosto musical”. Coco assiste à escandalosa performance de A Sagração da Primavera, vestida com um elegante vestido branco. A música e a dança recebem críticas por serem “modernas demais”. Coco é tocada, mas Stravinsky está inconsolável.
Paris, 1920. Coco está rica, mas machucada após a morte de Boy num acidente de carro. Stravinsky, após a Revolução Russa, está pobre e refugiado no exílio em Paris. Coco é apresentada a ele por Diaghilev, empresário do balé russo. A atração entre eles é imediata e elétrica.
Ou seja, a essa altura Chanel já era Chanel, vivia tudo que Paris podia oferecer: arte, música, moda e, porque não, pessoas. Ela quer um perfume? Dá-se um jeito. Ela quer um tecido? Dá-se um jeito. Ela quer um homem? Dá-se um jeito…
Além das claras mini-aulas de moda (com detalhes sobre o gosto de Grabrielle por unhas bem cortadas, a busca pelo caimento perfeito, o desejo de um perfume que tivesse cheiro de mulher e não de flor – que culminou com o surgimento do Chanel n0 5 – a “briga” com Paul Poiret), enfim...Fica a dica... Imperdível!


Sessões



Coco Chanel & Igor Stravinsky.Trailer HD 1080p.[2010]

Dener - Exposição sobre estilista Brasileiro -

Lulus de Plantão.. o  Museu de Belas Artes de São Paulo fará uma exposição sobre o estilista brasileiro Dener, com  23 croquis criados na década de 70, muitos deles direcionados para as brasileiras da alta-sociedade do período.
Dener foi um estilista de extrema importância para a Moda brasileira, nem preciso falar, né? Nos tempos em que o pret-à-porter ainda não funcionava como hoje, ele fugia da tendência à cópia descarada existente entre a década de 60 e 70, e propunha modelos luxuosos e originais, abraçando a causa da alta-costura. Vale a pena aprender mais sobre ele.

Data: de 28.09 a 29.10
Horários: de seg. a sex.,  10h às 20h; sábados, das 10h às 16h
Local: Galeria Vicente de Grado
Endereço: Centro Universitário Belas Artes de São Paulo – R. Dr. Álvaro Alvim, 90
Exposição Gratuita e aberta ao público

Uma exposição como esta não dá pra perder..hem??
Beijos

Fonte: Coisas da Moda

21 de ago de 2010

A pé e tranquilo....



A pé e tranqüilo me entrego à estrada aberta,

Saudável, livre, o mundo à minha frente,

A longa trilha de terra à minha frente levando aonde eu escolher.

Doravante não peço boa-sorte, eu sou a boa-sorte,

Doravante não mais pranteio, não mais adio, nada necessito,

Acabaram-se as queixas internas, bibliotecas, críticas querelas,

Forte e contente percorro a estrada aberta.

A terra, isso é o bastante,

Não quero as constelações mais próximas,

Sei que estão muito bem onde estão,

Sei que elas bastam àqueles que lhes pertencem.

Tu, estrada que adentro e observo, creio que não és tudo que há aqui,

Creio que há também muita coisa não vista aqui.

.Eis a profunda lição da recepção, nem preferência nem negação,

O preto com sua carapinha, o réu, o enfermo, o analfabeto, não são negados;

O nascimento, a pressa pelo médico, o roçagar do mendigo, o cambalear do bêbado, o risonho grupo de mecânicos,

O jovem evadido, o coche do rico, o janota, o casal em fuga,

O comerciante madrugador, o carro fúnebre, o transporte de mobília para a cidade, o retorno da cidade,

Eles passam, eu também passo, qualquer coisa passa, nenhum pode ser interditado,

Todos são aceitos, todos serão caros a mim.

. fragmento de Canção da Estrada Aberta, no livro Folhas de Relva, de Walt Whitman

19 de ago de 2010

Mulheres se vestem melhor no período de ovulação, diz estudo

De acordo com um estudo feito pela escola de administração da Universidade de Minnesota (norte dos Estados Unidos). O estudo, divulgado no Journal of Consumer Research, volta-se para estabelecer as ligações entre a compulsão de compra e fatores hormonais.
O estudo diz que no período de ovulação, as mulheres se vestem melhor e compram roupas e acessórios para atrair um parceiro mas, também, para desencorajar as rivais, segundo estudo de marketing realizado por uma universidade americana e publicado na última segunda-feira (16). Inconscientemente, as mulheres em período de ovulação vestem-se "para impressionar" não apenas os homens, mas as que poderiam ser suas rivais.
"O desejo que têm as mulheres, no momento importante de sua fecundidade, de escolher inconscientemente artigos que destacam sua aparência é movido pelo desejo de serem mais sedutoras que as rivais", afirma Kristina Durante, autora da pesquisa que ouviu 269 mulheres.
"Se você é mais desejável que a concorrência, tem mais chances", resume ela.
"Descobrimos que, quando estão em período de ovulação, as mulheres escolhem artigos de moda mais 'sexy', tendo como ponto de referência outras mulheres sedutoras de seu entorno", explica Kristina Durante.
Durante o estudo, fotografias de mulheres sedutoras moradoras nos arredores foram mostradas a mulheres em período de ovulação. Elas deveriam, em seguida, escolher roupas e acessórios.
"Descobrimos que as mulheres em período de ovulação compravam artigos mais sexy quando tinham na cabeça a imagem de mulheres sedutoras da vizinhança", acrescentou a pesquisadora. "Se você mora em Nova York, outra mulher que mora em Los Angeles não será percebida como concorrente".
Esta rivalidade com mulheres sedutoras da vizinhança é inconsciente. "Durante cinco a seis dias por mês, as mulheres que ovulam, são mais de um bilhão de consumidoras", precisa o estudo de marketing.
Este desejo de compra de artigos e serviços que destaquem a aparência, levado pelo ciclo ovariano, aplica-se não apenas a roupas e calçados, mas também a produtos de beleza, suplementos vitamínicos, artigos de fitness e à cirurgia estética.


 
 Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/afp/2010/08/17/mulheres-se-vestem-melhor-no-periodo-de-ovulacao-diz-estudo.jhtm

13 de ago de 2010

Identifique-se

Um pouco mais sobre os Homenageados!

Homenageados

Monteiro Lobato - Cidadão Escritor

Na sua maior parte, a obra de Monteiro Lobato é o resultado da reunião de textos escritos para jornais ou revistas. Comprometido com as grandes causas de seu tempo, o criador do Jeca Tatu engajou-se em campanhas por saúde, defesa do meio-ambiente, reforma agrária e petróleo, entre outros temas que continuam atuais. Ele arrebatava o público com artigos instigantes, que hoje, vistos de longe, constituem um precioso retrato de época, um painel socioeconômico, político e cultural do período. Dono de estilo conciso e vigoroso, com forte dose de ironia, utilizava uma linguagem clara e objetiva, compreensível ao grande público. Lobato revelou o mundo rural, então ignorado pelos escritores de gabinete que ele tanto criticava. “A nossa literatura é fabricada nas cidades”, dizia, “por sujeitos que não penetram nos campos de medo dos carrapatos”.
Fonte: http://lobato.globo.com/lobato.asp

Clarice Lispector

"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."
1920 - Clarice Lispector nasce em Tchetchelnik, na Ucrânia, no dia 10 de dezembro, tendo recebido o nome de Haia Lispector, terceira filha de Pinkouss e de Mania Lispector. Seu nascimento ocorre durante a viagem de emigração da família em direção à América. Saiba mais...
Fonte: http://www.releituras.com/clispector_bio.asp

Livro Digital

Um livro digital (livro electrónico, livro eletrônico ou o anglicismo e-book) é um livro em formato digital que pode ser lido em equipamentos eletrônicos tais como computadores, PDAs ou até mesmo celulares que suportem esse recurso. Os formatos mais comuns de Ebooks são o PDF e HTML. O primeiro necessita do conhecido leitor de arquivos Acrobat Reader ou outro programa compatível, enquanto que o segundo formato precisa de um navegador de Internet para ser aberto. Por ser um dispositivo de armazenamento de pouco custo, e de fácil acesso devido à propagação da Internet nas escolas, pode ser vendido ou até mesmo disponbilizado para download em alguns portais de Internet gratuitos.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Livro_digital/
Foto: http://chezplume.blog.lemonde.fr/files/2008/11/ebook.1227829061.jpg

Lusofonia

Aprender uma língua, não é apenas utilizar o dicionário e substituir uma palavra numa língua por outra noutra língua. É acima de tudo descobrir o pensamento, a cultura, um modo de vida diferentes. A semelhança do que acontece com França e Espanha, Portugal fora uma província romena que se designava por Lusitânia. O que explica o porquê, de hoje, os falantes portugueses serem denominados de lusófonos. Portugal começou a sua conquista pelo mundo, antes de Espanha e até de França. No século XVI, Portugal controlava já um vasto império no Oceano Indico e no Golfo Pérsico. Mais tarde, com a expansão colonial, Portugal expandiu a sua presença ao Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.O Português é a 3ª língua europeia mais falada no mundo, depois do inglês e do espanhol. É a língua oficial de vários países espalhados por cinco continentes.
   • Europa - Portugal, Madeira, Açores;
   • América - Brasil;
   • África - Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe;
   • Asia - Macau;
   • Oceania - Timor.
Falantes de português pelo mundo
A Lusofonia é um espaço em expansão econômica e demográfica, atraindo cada vez mais investidores. Como exemplo, destaca-se o Brasil (8º país cuja população atingirá no primeiro quarto do século XXI 217 milhões, segundo o FMI), com a China e a Índia, uma das três potências econômicas deste século.
Estudar Português é:
Abrir-se para culturas diferentes através do mundo, abertura essa que tem diversas implicações no mundo econômico;
Poder trabalhar com empresas que estabelecem relações não só com Portugal e a Europa, mas também países em desenvolvimento como o Brasil e a Angola; Contactar com textos do universo científico;
Conhecer uma língua rica do ponto de vista fonético e cuja aprendizagem permite adquirir mais facilmente outras, embora de sistemas fonéticos diferentes;
Estar apto a comunicar com mais de 200 milhões de lusófonos espalhados pelo mundo.

Fonte: http://www.bournemouthportugues.co.uk/Lusofonia.html

Pré- Lançamentos de livros sobre Moda

Oi..Lulus de Plantão, achei dois Pré-lançamentos de livros de moda, no site do evento, ( 21 Bienal Internacional do livro de são Paulo),os dois da Senac editoras.

Desenho de Moda Avançado – ilustração de estilo

Autor: Bil Donovan
Editora: SENAC EDITORAS
Categoria: MODA
Descrição:
Esse livro é voltado para pessoas interessadas em trabalhar profissionalmente com ilustrações de moda, mas também pode ser de valia para estudantes de desenho e design gráfico, que podem se inspirar e aprender técnicas avançadas. Trata-se de um texto bastante prático que ensina não apenas como desenhar a figura humana, mas também como ilustrá-la de acordo com o mercado de moda e os estilos de vida.

Moda & inconsciente - olhar de uma psicanalista

Autor: pascale navarri
Editora: SENAC EDITORAS
Categoria: MODA
Descrição:
Por que respeitamos os imperativos da moda que nos incitam a trocar a própria imagem por outra que, às vezes, até não gostamos tanto? Como – para ser moderno, rivalizar ou agradar – chegamos ao ponto de nos impor uma identidade corporal que pode nos levar à anorexia? O livro traz à tona essas questões e ainda mostra como a sociedade contemporânea, na busca de um "visual-auto-sexy", tende à neutralização do "sexual" e à artificialização do corpo.

21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo – uma festa para abraçar o livro

Uma programação cultural rica e diversificada composta por mais de 700 atividades distribuídas por pelo menos 400 horas durante 11 dias. É o que encontrará quem for à 21 Bienal Internacional do Livro de São Paulo, de 12 a 22 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, Zona Norte da capital paulista.
Nesta edição, novos formatos, grande interatividade e a presença de conceituados escritores brasileiros e autores internacionais vão formar a grade mais pluralista dos 40 anos deste evento.
Para enriquecer a programação, a organização da Bienal do Livro convidou conceituados profissionais para serem curadores das atividades culturais. Agora em 2010, a programação focará quatro temas principais: Monteiro Lobato; Clarice Lispector; Lusofonia; e Livro Digital.

Realizada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) e organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, a 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, o momento do livro no Brasil, tem o de objetivo ampliar a base de leitores e democratizar o acesso ao livro – com reflexos imediatos à cidadania. Nesse sentido, foi criado um comitê para repensar o evento e um conselho de curadores. O primeiro já discutiu melhorias ao público e expositores; o segundo, que se dedica à programação cultural, trabalha no fechamento da grade de atrações.
A primeira novidade desta edição é a parceria firmada pela CBL com a Reed Exhibitions Alcantara Machado, joint-venture entre a maior promotora de feiras do mundo – a Reed Exhibitions, presente no Brasil desde 1997 – e a maior da América Latina – a Alcantara Machado Feiras de Negócios, fundada em 1956. A Reed brasileira é responsável por toda a promoção, comercialização, organização, operacionalização e montagem da Bienal. Outras subsidiárias da empresa também organizam as mais importantes feiras do setor de livros e publicações, como a Book Expo Américas, em Nova York, Paris Book Fair, Tókio International Book Fair e London Book Fair.
A Bienal ocupará área de 60 mil metros quadrados (o equivalente a quase oito campos de futebol) do Pavilhão do Anhembi  e a expectativa é reunir 350 expositores do Brasil e de fora que representam mais de 900 selos editoriais.
Uma outra novidade é o Espaço Gourmet, cuja temática será cozinhando com palavras. Neste espaço, renomados chefs de cozinha que já escreveram livros apresentarão ao público aulas práticas e interativas em cozinhas cenográficas, além de promoverem debates sobre o tema e sobre os lançamentos nesse segmento.
Os espaços já tradicionais também receberão inovações. O Salão de Idéias, por exemplo, terá seu conteúdo repensado e ampliado. A expectativa é apresentar 40 mesas (quatro por dia) onde escritores nacionais e internacionais discutirão temas diversos para platéias de 200 pessoas. Estão previstas 13 mesas individuais e seis mesas formadas por dois escritores cada, que discutirão um único tema, além de uma série de rodadas de debates no espaço.
“Este esforço fará toda a diferença para expandirmos o mercado editorial, e nos deixará mais preparados para enfrentarmos novos desafios, pois o que queremos é um País com um número cada vez maior de leitores”, afirma Rosely Boschini, presidente da CBL.
Sobre a Bienal, Rosely lembra que o evento atrai um público enorme e, por isso mesmo, constitui-se tradicionalmente em um elemento formador de novos leitores. “Trata-se de um verdadeiro convertedor de visitantes de feiras em freqüentadores de livrarias. Sem contar que será um momento privilegiado para se homenagear os escritores e suas obras, além de estimular a todos, inclusive os jovens, a descobrir o prazer da leitura e respeitar a valiosa contribuição dos autores ao progresso dos indivíduos, das sociedades e nações”.
Juan Pablo de Vera, presidente da Reed no Brasil, afirma que ”para nós é muito importante organizar a Bienal Internacional do Livro de São Paulo. O evento é referência no mundo da cultura nacional e internacional e permite que possamos integrar nossa experiência internacional ao sucesso do que já vinha sendo realizado”.

Também estão previstos o Espaço do Professor, organizado na forma de um curso que tem o objetivo de capacitar professores a trabalhar o livro de literatura em sala de aula; e as Atividades Infantis, com atrações culturais lúdicas para proporcionar entretenimento às crianças que visitarem a feira, como os espaços “O livro é uma viagem”, organizado pelo Instituto Pró-Livro, e “Fábulas com a Turma da Mônica”, com curadoria de Maurício de Souza, o criador da famosa turma das histórias em quadrinhos.

Além da Bienal Internacional do Livro, a CBL organiza o Prêmio Jabuti, a mais tradicional premiação literária do Brasil, a Escola do Livro, além de participar anualmente de mais 13 feiras, sendo oito nacionais e cinco internacionais. Também lançou o programa Minha Biblioteca e o Cartão do Educador em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. O Cartão do Educador beneficia 66 mil educadores que podem adquirir livros com desconto em livrarias conveniadas.
Deixe o livro lhe abraçar com carinho!!!
Deixe-o massagear o seu intelecto!!
Faça dele o seu melhor amigo!!
O Livro se humaniza pelos seus olhos!!!
Acredite!!! Será muito recompensado!!!!
(Ademar Oliveira de Lima)


Mais Informações:
21ª BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO
Data: 12 a 22 de agosto de 2010
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209 - São Paulo / SP
Site: http://www.bienaldolivrosp.com.br/

Marina Cezar conta tudo sobre curso de Moda na Inglaterra

 A consultora de moda da JeJ produções ficou 1 mês na Inglaterra, alguns dias em Paris e contou tudo sobre o que aprendeu com essa experiência.
Achei muito interessante como ela realizou a pesquisa sobre moda, e sobre a consciência que as pessoas tem da sua história,  leiam:

J&J - Primeiramente nos conte o que você fez!

Marina - Fui fazer um curso de moda britânica na AUCB - Arts University College at Bournemouth de três semanas, e na volta, aproveitei para ficar três dias em Paris. Tínhamos aula manhã e tarde, uma vez por semana tínhamos aula em Londres, e as noites e finais de semana eram livres. Nesses períodos, aproveitei para conhecer um pouco mais a região e sua história. Bournemouth é uma cidade litorânea a umas 3h de Londres. É encantadora, florida, rica, que tem uma população de pessoas mais velhas que recebe jovens do mundo todo nas férias. É bucólica e moderna, onde na mesma quadra é possível ver desde igrejas datadas do século XV até pubs super descolados!

J&J - O que de melhor tu aprendestes?

Marina - Na faculdade, percebi que eles instigam demais a criatividade! Não se preocupam se o teu desenho está bem alinhado, se o teu texto está longo, mas sim, se tu realmente deste o teu melhor. É esperado que tu faças muito mais do que somente o que foi pedido, pois aquilo qualquer um pode fazer. Os britânicos têm uma característica de surpreender, e o bacana é que é nato. Eles exploram exaustivamente os limites, porque eles tentam, acertam, erram, e tentam de novo!
E essa falta de medo em errar é vista nas ruas. As pessoas têm uma despretensão no vestir, que as tornam interessantíssimas! Somados a isso, além de fazerem muita coisa a pé, o transporte público funciona muito bem, e dessa forma, poucas mulheres se arriscam em um salto alto ou roupas desconfortáveis. É perceptível que o importante é se sentir bem. E isso ocasiona uma beleza natural.
A dedicação intrínseca que eles tem, me faz questionar nosso processo de trabalho, pois na minha opinião, os profissionais brasileiros de moda tem potencial para fazer muito mais, e nem sempre é explorado o suficiente por receio de criar algo que seja vendável ou produzir a sombra das marcas que desfilam no hemisfério norte.

J&J - De que maneira ocorreu tua pesquisa de moda?

Marina - De forma atípica! Escolhi ficar em casa de família, para poder realmente absorver a cultura local. Não gostaria de retornar com minha mala somente cheia de fotos de produtos. Claro que faz parte, e por enquanto, é a realidade da maioria das empresas, porém, nenhuma loja ou feira vai te dar as informações que tive enquanto tomava café da manhã com "minha família", na casa deles, acompanhá-los nas suas rotinas, e ter conversar despretensiosas com pessoas de todas as idades.
Fiz um banco de imagens diferente, através de um ponto de vista que sugere onde realmente as coisas nascem. Tentei procurar coisas que fossem inspiradoras para uma coleção, sem mostrar um produto que seja, para não incentivar a cópia.

J&J - O que mais te chamou a atenção?
Marina - Além da limpeza e educação que normalmente percebemos, é lindo de ver a consciência que as pessoas têm da sua história. Nos mais variados museus, castelos e galerias que visitei, desde o senhor aposentado, até o adolescente e a criança, estavam atentos e mostrando muito respeito ao local. E em segundo lugar, me espantou ainda mais a quantidade de muçulmanas e suas exuberantes compras! Foi uma viagem curta, mas que valeu muito a pena!

 

As imagens são belíssimas não?
Au revoir... BAISER!!

Fonte: JeJ produções!