"O estilo nem por sombra corresponde a um simples culto da forma, mas, muito longe disso, a uma particular concepção da arte e, mais em geral, a uma particular concepção da vida." (Leon Tolstoi)

3 de set de 2010

Um Brinde

Um brinde aos meus quase 35 anos e à estrada que percorri durante esse tempo.
Um brinde à todas as abduções e às voltas triunfais.
Um brinde à sétima arte e aos seus sonhos inspiradores.
Um brinde aos presentes de Natal que não duram até o Ano Novo.
Um brinde às promessas que não cumprimos.
Um brinde aos heróis e às tragédias que os criaram.
Um brinde às frases feitas, aos clichés e às filosofias.
Um brinde aos livros que não li e aos que li.
Um brinde à indecisão e à falta de opções.
Um brinde à todos os caminhos e à estrada para a revolução.
Um brinde às idéias recicladas.
Um brinde ao mar e a seu inebriante jogo de sedução.
Um brinde à insônia e ao cansaço.
Um brinde às despedidas e às suas lágrimas.
Um brinde aos desencontros e às suas marcas.
Um brinde às canções que amamos e pelas quais morremos.
Um brinde às escolhas que não fazemos.
Um brinde às palavras e ao som do silêncio.
Um brinde ao vento e a tudo que ele leva e traz.
Um brinde ao meu, ao seu e ao nosso.
Um brinde ao coletivo inigualável.
Um brinde aos medos e às falhas.
Um brinde as idéias originais e casuais
Um brinde ao sorriso e aos amigos.
Um brinde a todas as vezes que nos sentimos sozinhos.
Um brinde à chuva e ao olho do furacão.
Um brinde aos nomes e às músicas.
Um brinde a paz, cultura e educação
Um brinde àquilo que não se quer e àquilo que mais se deseja.
Um brinde ao planeta Terra.
Um brinde às fotos e aos olhares.
Um brinde a todos os forasteiros e viajantes.
Um brinde à liberdade e à escravidão.
Um brinde à luz forte que se aproxima.
Um brinde ao fim e ao começo, e à todo o caminho entre os dois.
Um brinde a mim e a você.
Um brinde a tudo que nos atormenta!
Um brinde a nova vida que nos espera... a todo o momento.