"O estilo nem por sombra corresponde a um simples culto da forma, mas, muito longe disso, a uma particular concepção da arte e, mais em geral, a uma particular concepção da vida." (Leon Tolstoi)

23 de abr de 2010


Depois de oito anos no Brasil, a grife italiana Diesel, trazida ao país pelo empresário Esber Hajli, resolveu cortar os preços de seus produtos em 30%.
A marca era conhecida entre os consumidores brasileiros como a grife dos jeans de R$ 1.000. Porém, com os cortes, a média de preço das calças cairá para a casa dos R$ 700. Vale ressaltar que não se trata de uma liquidação, mas de um reajuste real de valores.


A decisão partiu de um acordo firmado entre Hajli e o presidente mundial da marca, Renzo Rosso. Os dois são sócios na operação brasileira dos negócios da Diesel.
A Diesel está em fase de expansão no Brasil, e a redução de preços visa ampliar o público-alvo da grife, que vai abrir novas lojas próprias nos próximos anos. Até 2011, estão previstas as inaugurações de pontos de venda exclusivos em Brasília e no novo shopping JK, que está sendo construído na Vila Olímpia, em São Paulo.

Nenhum comentário: