"O estilo nem por sombra corresponde a um simples culto da forma, mas, muito longe disso, a uma particular concepção da arte e, mais em geral, a uma particular concepção da vida." (Leon Tolstoi)

22 de abr de 2010

No próximo dia 10 de junho, acontece em Johannesburgo, na África do Sul a cerimônia de abertura de um dos maiores eventos da Terra, a Copa do Mundo de Futebol. São trinta e duas nações unidas, em busca do mesmo objetivo, um dos títulos mais importantes do esporte moderno, o de Campeão Mundial de Futebol.

A disputa acontece a cada 4 anos, em um país diferente, entre as melhores seleções do mundo. Dessa vez ela vai ser realizada na África do Sul, e como toda festa, ela merece uma grande abertura.

Nomes famosos da política como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e do meio artístico musical, já confirmaram presença para prestigiar ou atuar nesse espetáculo. Entre os que vão se apresentar no evento que deve começar às 15 horas(horário de Brasília), estão: a super pop star Shakira, que já tem uma música própria para ocasião, chamada “Samia”.

O grupo Black Eyed Peas, sucesso absoluto já há alguns anos, os cantores norte-americanos Alicia Keys e John Legend, e o colombiano Juanes, são os principais destaques estrangeiros que sobem ao palco do Orlando Stadium de Soweto, na celebração inicial da copa.


Apesar de todo os esforços da Fifa (Federação Internacional de Futebol), e dos organizadores do evento para não deixar a desejar na cerimônia, diversos sul africanos, ficaram insatisfeitos com o rumo que esse espetáculo estava tomando e exigiram que mais artistas locais fossem incluídos na lista de apresentações para cerimônia oficial de abertura, ameaçando boicotar a festa caso isso não acontecesse.

Sendo assim alguns artistas africanos também foram incluídos na lista de apresentações do primeiro dia de evento, são eles: as bandas sul-africanas BLK JKS e The Parlotones, e o artista do país da copa Vusi Mahlasela. Aa bandas de Mali Tinariwen e Vieux Farka Touré e a dupla Amadou Mariam, de mesma nacionalidade também marcam presença na grande festa. E a cantora do Benin, Angélique Kidjo fecha a turma dos africanos que se apresentarão no espetáculo.

Toda renda arrecadada com o evento será convertida em doações para 20 Centres, uma companhia oficial da instituição máxima do futebol (FIFA), que visa construir centros sociais ao redor da África do Sul, para melhorar a vida dos cidadãos do país, oferecendo serviços de saúde, educação e treinamentos de futebol, para quem ainda não tem acesso ao esporte.

Se Você esperou durante quatros anos, não pode esquecer, dia 10 de junho é a cerimônia oficial de abertura da Copa do Mundo.

É a música e o esporte dando as mãos para um mundo melhor!



Nenhum comentário: